bruce springsteen
Born to run, de Bruce Springsteen, foi publicado pela Casa da Palavra/Leya em 2016. O título do livro é uma expressa referência a Born to run, considerado o seu disco mais emblemático. Com linguagem extremamente coloquial, Springsteen expõe fatos de sua vida de forma crua, falando sobre relações familiares, depressão, casamentos e todo seu percurso até alcançar reconhecimento como artista. Ele deixa muito claro que o grande objetivo de sua vida foi ter sucesso e conta tudo o que viveu até conseguir.
1
Em textos escritos, não é razoável abandonar a norma culta. Por isso, a colocação do pronome oblíquo átono antes do verbo (próclise) em começo de frase é inadequada. O correto, no caso, é a ênclise, que é a colocação do pronome após o verbo.
3
O verbo CHEGAR, com sentido de movimento, é transitivo indireto e pede a preposição A, embora na fala seja bastante comum a utilização da preposição EM. Este é um erro recorrente no livro (chegando à borda) – pág. 46.
2
Quando queremos dizer que devemos fazer alguma coisa e esta alguma coisa for representada por uma ação verbal, o verbo deve estar no infinitivo. No caso acima, a única coisa que eles têm que fazer é VER; o que têm que fazer para RECUPERAR.
4
Em frases interrogativas, equivalendo a motivo, causa ou razão, ou quando puder ser substituído por pelo qual, pelos quais, pela qual, pelas quais, deve-se utilizar o POR QUE separado e sem acento. PORQUE junto e sem acento se usa quando é introduzida uma explicação, o que não acontece na frase acima (por que eu estava tão entusiasmado?) – pág. 59.
6
Aqui vemos um exemplo clássico de pleonasmo vicioso (ou redundância), uma repetição inútil que deve ser evitada. ELO é substantivo masculino que designa cada um dos anéis de uma cadeia. Logo, o termo já traz em si a ideia de ligação.
5
Os verbos IR e VOLTAR têm transitividade distinta: vamos A algum lugar e voltamos DE algum lugar. Por esse motivo, o correto seria dizer “só de ir à escola e de lá voltar – pág. 103.
7
TRESPASSAR só precisa de um objeto (a nos trespassar OU trespassar-nos) – pág. 127.
9
O correto é FORJADO.
8
O verbo DIMINUIR conjugado na primeira pessoa do pretérito perfeito do indicativo é oxítona com hiato na última sílaba e, portanto, pede acento agudo no último I.
10
Os verbos FAZER, SUAVIZAR e PROFUNDAR estão conjugados na segunda pessoa do singular do imperativo, mas o autor fala com a terceira pessoa (VOCÊ) (faça uma pausa, suavize e aprofunde a percussão) – pág 435.

cropped-header-blog_branco.png

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s